Uma baiana na sua primeira viagem para a Europa






Gente, faço questão de me identificar como baiana pois alguns serviços foram referentes a Salvador. Consegui tirar meu passaporte em menos de 30 dias, entrei no site da Polícia Federal, marquei hora no SAC do Shopping Barra (para evitar o vuco-vuco do Iguatemi), lá eles tiram sua foto digital (vá bem bonitinho/a) e em seguida já marcam o dia de lhe entregar o documento pronto. Tomei 1x0 da Kontik que iria me levar num tour chamado Europa Jovem, a contragosto fui pela CVC. Por que? Bem, não gosto da CVC por vários motivos, não treinam bem os funcionários eles por exemplo não me ofereceram a opção de meia-pensão (um almoço por dia durante os dias da excursão), outra coisa pedi a eles o roteiro detalhado e eles nunca me deram, tive que xeretar pela internet e ir até o site da "Operadora de Lá" que é a Europa Mundo para saber do roteiro completo e dos passeios opcionais cujos os preços variam de 40 a 160€, ainda por cima dão informações equivocadas como: “na Inglaterra o euro é aceito”, não caia nessa! Os próprios guias locais mandam fazermos o câmbio antes de chegarmos a Inglaterra pois lá só são aceitas Libras.
Ligações: A maioria dos hotéis não fazem ligações nos quartos para que o check-out não demore, disponibilizam cabines telefônicas na recepção que aceitam moedas.
Alimentação: um conselho vá no banheiro do Burguer King, do Mc ou da Pizza Hutt qdo estiver fora do Brasil, e se não quiser gastar muito com alimentação coma nesses lugares, só o refrigerante custa R$10,00, o sanduba ou a Pizza R$20,00 num total de R$ 30 por refeição, nos restaurante vc costuma pagar mais do que isso e creia: eles não são muito asseados. É verdade que as ruas são limpíssimas e que vc não precisa olhar o semáforo para atravessar a rua, pois, basta colocar o pé na faixa q os carros param, mas tanto nos hotéis quanto nos restaurantes vc encontra prato de louça rachado e copos sujos...
O Transfer: tive uma pessíma experiência... o meu motorista português foi me pegar no Hotel em Londres com atraso, me arrependo por não ter usado um tele-taxi sairia mais barato e eu teria menos estresse, por pouco não perdi o avião. Em Londres o check-out no aeroporto é feito pelo passageiro numa máquina que lê o código de barras do passaporte, chegue cedo pois na minha vez a máquina não lia e tive que pegar outra fila para checkout e despachar a bagagem... por pouco não perco o vôo... chegue 2 horas antes!
Dinheiro: Vc deve comprar libras e Euros com antecedência, pois as lojas de câmbio raramente possuem dinheiro trocado e vc pode sair com uma nota de 500 €, ou seja +/- 1500 reais, já pensou se vc perde? E outra coisa: é difícil trocar ainda mais em loja de lembrancinha, vc vai ter que comprar uma bolsa ou um óculos caro para poder trocar. As agências falam de 60 € por dia, sinceramente, acho que é muito otimista... pois se vc dia sim, dia não fizer um passeio opcional gastará no mínimo 40 €. Vai para Europa? Não quer passar fome nem deixar de aproveitar a vida? Então leve 100 € por dia e traga o toco... se houver. Vamos aos comentários da viagem em si:

Dia 1 / MADRI – 05/07 (Domingo)

Fui pela TAP fazendo escala em Portugal, tive uma experiência negativa, os hidratantes que comprei no Free Shopping em Salvador não puderam ir como mala de mão, ou seja, vc tem q comprar líquidos na última cidade e ninguém me alertou, pensei que como era do Free Shopping e com a nota não teria problema, estava em cima do horário não pude embarcar como mala de mão, daí ficou no aeroporto, cheguei em Madri as 9:00 da manhã)
Gente! Museu dia de domingo é de graça fui no Prado (vá primeiro nele pois fecha as 14:00 no domingo, nele encontram-se quadros de Goya, Monet, El Bosco, Picasso) e no Reina Sofia (quadros de Miró, Salvador Dali e Picasso/ Guernica, ver foto nesse blog). As lojas do Prado são um ótimo lugar para comprar souvenirs a bom preço, melhor do que na Puerta do Sol ou na Plaza Mayor. Fui de trem do meu hotel (Estação Chamartin para a estação Atocha) gastando 1,20 de passagem se não me engano. Estava muito cansada da viagem, sai de salvador as 17:00 no sábado, Madri tem uma diferença de 5 horas a menos que Salvador, foi como se tivesse virado uma noite na balada, jantei na estação de trem misto com café e de lá subi para meu hotel, o desespero é que não via anoitecer... fui dormir umas 17:00 quando abri o olho lá pelas 20:00 ainda estava claro, parecendo 17:00 aqui em Salvador... descobri que lá anoitece bem mais tarde que aqui...

Dia 2 / MADRI – 06/07 (Segunda)
Fui de novo ao passeio do Prado pois é lá que começa o passeio do Madri Vision (ônibus turístico de 2 andares), o valor da passagem era 19 €, com carteira de estudante Internacional saiu a 17€. Subindo e descendo desse ônibus fui a Plaza Mayor, bem próxima a ela fui na a Puerta Del Sol, essa praça é onde se encontra o Km 0 de Espanha que mede as distâncias das estradas nacionais. Nela está o urso, símbolo de Madri, que é bem pequeno (1,5m +/-, eu pensava em algo do tamanho do Cristo Redentor ou da Torre Eiffel, mas tudo bem!... eu estava na Europa e tudo é lindo), em frente ao urso tem um Shopping El Corte Inglês, lá tem óculos de marca, relógios, uma super confeitaria onde me deliciei. Fui na Puerta de Alcalá, andei para me acabar no Parque Del Retiro para ver um tal Palácio Velasquez (que estava em reforma) e o Palácio de Cristal (uma bela ESTUFA de vidro!), o parque em si é muito lindo mas me custou várias bolhas nos pés! Sugiro começar uma academia pelo menos uns 3 meses antes da viagem... Fui no Templo Egípcio Debod e de lá andei menos mas ainda um bocadinho até um teleférico e tive uma bela vista aérea de Madri...

Dia 3 / MADRI – 07/07 (Terça)

Pela manhã fui no Palácio Real (Calle Bailén 28071, das 9:00 as 18:00), paguei 6€ com a carteirinha de estudante, usei o auricular em português, lá vc não pode tirar foto, depois de Versailles foi o mais lindo que vi, a parte onde fica a Armaria com as armaduras medievais e pré-medievais valeu muito a pena pois não vi nada semelhante depois...
Tarde: Nesse dia começou oficialmente minha excursão pela Europa Mundo saímos as 16 horas fizemos a visita panorâmica, com parada na Plaza de Colon (que não desci no dia anterior pois estava em reforma e não achei q valesse a pena) a noite nos levaram a Praça Maior para jantar Tapas (comidas rápidas, é o Fast Food deles), comi huevos, hamon e papas fritas, ou seja um ovo com gema mole, dois pedaços de porco do tamanho de um hambúrguer e batatas fritas, as lojinhas já estavam fechando e minhas amigas mal tiveram tempo de comprar alguma coisa...

Dia 4 / MADRI - TOLEDO – MADRI – 08/07 (Quarta)
Fiz a excursão inclusa no meu pacote à histórica cidade de Toledo (150 Km). É uma cidade com características medievais ladeada pelo Rio Tejo, suas ruas lembram histórias de cristãos, judeus e muçulmanos, seu artesanato típico é em ouro, se o guia parar no meio do caminho não compre nada! Eles colocam o preço pela cara, o preço não está colado nas peças... qdo chegamos na cidade vimos que o que compramos foi tudo mais caro...
A tarde tinha um passeio de 60€, se não me engano, para o Monasterio Del Escorial, não fui pois é semelhante ao Palácio Real e eu já estava acabada pois andamos muito em Toledo, o Ônibus estacionou fora da cidade caminhamos mais de 30 minutos para chegar nele. À noite fui assisti um espetáculo flamenco por 40€, a casa ficava dentro do Parque Del Retiro, sinceramente: Não gostei... não explicam a origem da dança, de repente começam a trocar os instrumentos musicais, passos de dança e até a língua, falavam em espanhol num minuto e no outro num dialeto cigano mas não há explicações, não fazem uma narração. A dança, tecnicamente, não posso avaliar, mas gostei mais do Tango enquanto espetáculo turístico.

Dia 5 / MADRI - ZARAGOZA – BARCELONA – 09/07 (Quinta)
Nesse dia fomos a Zaragoza e conhecemos a Basílica de Nossa Senhora do Pilar onde duas bombas caíram na segunda guerra mas não explodiram, hoje, desativadas, estão próximas ao altar, não sou de gostar de templos católicos mas a arquitetura é belíssima e bem antiga. Chegamos lá pelas 16:00 a Barcelona onde fizemos a visita panorâmica pelas principais ruas da capital catalã: Monumento a Colón, Plaza da Catalinã, Paseo Gracia, Diagonal, Sagrada Família (parando nessa), essa catedral levou 40 anos para ser construída por Gaudí, ela ainda não foi finalizada, uma de suas fachadas a da Glória será concluída em 2025, a sua arquitetura me lembrou o castelo do He-man o de Greyskull

Dia 6 / BARCELONA - COSTA AZUL – 10/07 (Sexta)
Ainda de manhã fomos deixados na frente as Sagrada Família, de lá passamos pelas "Ramblas” (uma rua com aparência do Caminho das Árvores e muitas lojinhas turísticas, lá tem um Hard Rock Café e de lá fomos ao bairro gótico com ruelas estreitas de pedras. Na hora do almoço, seguimos para Costa Azul, atravessando a Provença Francesa. Detalhe: tinha comprado um cartão telefônico internacional que “valia” para toda a Europa, não sei se a espanhola que me vendeu não sabia mas o cartão só era válido na Espanha. Gastamos 650 Km de percurso total no dia.

Dia 7 / COSTA AZUL - NICE - MÔNACO – VENEZA - 11/07 (Sábado)
Em Grasse, conhecemos o tradicional método de fabricação de perfumes com flores visita ao museu/ fábrica “Fragonard”. Já em Nice andei pelo Passeio dos Ingleses via orla, lá não tem areia pois a praia é nova e é pedra ainda, não se desgastou e virou areia, bem pertinho fica Mônaco, percorremos o circuito da fórmula I, fomos no Castelo dos Grimaldi (se quiser corte e vá para o Museu Oceanográfico) o castelo é bem pobrinho, não chega aos pés do que vi em Madri ou em Paris... de lá fomos para Veneza Mestre para dormir. Gastamos 630 Km de percurso total no dia.

Dia 8 / VENEZA – FLORENÇA – 12/07 (Domingo)
Fizemos de Veneza um traslado em barco até o centro histórico, um guia local nos levou a praça de São Marcos, Basílica e fábrica de cristal de Murano. Lógico que fiz um passeio de gôndola, pela Europa Mundo custa 40 €, dura 30 minutos, cabem 6 passageiros na gôndola, tem direito a vinho e vai um músico e instrumentos musicais acompanhando o grupo. Se quiser tem passeio lá por 8 €, sem a música e o vinho mas o mesmo roteiro, na gôndola só cabe um casal. Fui a La Academia. Os cristais na fábrica são caríssimos, nas ruelas vicinais são bem em conta, as lembrancinhas são muito mais baratos no píer de onde partiu a balsa... no final da tarde, saímos rumo à Florença (295 Km).

Dia 9 / FLORENÇA – ROMA – 13/07 (Segunda)
Passamos pelo Mirador Michelangelo e de lá fizemos a visita panorâmica com guia local pelo centro histórico, as praças, os mercadinhos e as pontes sobre o rio Arno. Aproveite para comprar couro, pingentes, brincos e colares de cristal artesanal nas diversas lojas de rua e em seu famoso mercado onde encontrará de tudo um pouco. No tempo livre pode-se conhecer a Galleria Della Accademia onde está DAVID de Michelangelo, 30 €. Fizemos 285 Km até Roma.

Dia 10 / ROMA - 14/07 (Terça) (usar roupas apropriadas para o Vaticano)
Com a guia local fizemos a visita panorâmica, com breves explicações sobre a Cidade Eterna, finalizando na Praça São Pedro do Vaticano, onde se poderá visitar a basílica e os museus. O ingresso para o museu do Vaticano custa 14€, mas optei (e acho que valeu apena) pela visita guiada da Europa Mundo de 40€, mas acho que a guia brasileira foi fundamental no meu entendimento, vi as telas das 4 tartarugas Ninjas (Leonardo, Rafael, Donatelo, Michelangelo), a capela Sixtina, original do Laocoonte, na capela de São Pedro a Pietá – que linda!. Aproveite para almoçar, nessa área tem um monte de gente que fica dando folhetos com promoções de restaurantes, com 10 euros dá pra comer bastante e vale a pena, pq vc vai gastar muitas calorias andando. Não paguei o opcional Roma Barroca (vc já sabe que é 40€), peguei um metrô e fomos a Piazza Spagna e descendo por ela vc chega ao Pantheon e à Fontana di Trevi, Piazza Navonna.

Dia 11 / ROMA – 15/07 (Quarta)
No dia livre Roma fez 43°, por pouco não tivemos uma insolação... talvez seria mais proveitoso ir a Capri e Pompéia 120€. Fomos de metro do hotel a Praça do Vaticano e de lá pegamos o ônibus turístico para rodar o preço ficou em 16€ mas tivemos descontos pois estávamos em 5, fomos ao Colisseo e no Arco de Constantino, o calor não nos permitiu andar pelo Fórum Romano e ao Campidolio. Fomos ainda a Piazza Barberini e a Piazza da República. Não dá para conhecer Roma em 48hs... ficou muito para explorar na próxima.

Dia 12 / ROMA - PISA – TURIM – 16/07 (Quinta)
Em Pisa, no norte da Itália, conheci a torre inclinada. Dormi em Turim e percorremos 640 km nesse dia.

Dia 13 / TURIM - CHAMONIX – PARIS – 17/07 (Sexta) Usar roupa de frio
Passamos pelo túnel sob o mais alto cume dos Alpes, o Mont Blanc, paramos em Chamonix, super-linda, cercada por montanhas com neves permanentes (se as condições climáticas e as filas permitirem sugiro pegar o bondinho), lá vele a pena comprar roupas de frios boas e mais baratas que em Paris e em Londres. No dia todo percorremos 810 Km até chegada a tardinha em Paris.

Dia 14 / PARIS - VERSALHES – PARIS – 18/07 (Sábado)
Para tudo! O Palácio de Versalhes e seus belos jardins são lindo... utilize os guias auriculares em espanhol, a empresa dá 2 horas para percorremos é impossível ver o palácio e andar nos jardins... o Jardim vc pode ver de fora e até de dentro do palácio, sugiro comprar o ingresso só para o palácio. Só aceitam carteirinha de estudante europeu. Em seguida, fiz a visita panorâmica a Paris, conhecida como a "Cidade Luz", aos Los Inválidos, tiramos a foto coma Torre Eiffel, fomos sem a galera da excursão apenas eu e mais duas a Ópera de Paris e de lá andamos até o Arco do Triunfo descendo todo o Champs-Elysées, o boulevar mais chique e caro de Paris, lá paguei 2,50€ para fazer xixi, o mais caro da viagem, em Paris e Roma eles costumam cobrar pelo uso... e eu não sabia que já estava perto do Mc Donald´s. No parque comi um crepe de nutella de pedir biz... O pessoal da excursão foi a noite até o bairro boêmio de Montmartre. E de lá para o Cabaret Moulin Rouge 105€. Gente! Em pleno verão fez muito frio em Paris e tinha uma garoa... a sensação térmica foi terrível. Não subi na Torre Eiffel nem no Arco do Triunfo... (fotos nesse blog) fica para a próxima!

Dia 15 / PARIS 19/07 (Domingo)
Tudo fechado no domingo... a tarde estava presa a excursão pois queria ver o Louvre... assim, não vi o Musee Rodin, nem o Musee d'Orsay .... pela manhã fiz o passeio pelo Bairro Latino 35 € vi a Catedral Notre Dame e de lá fizemos o Cruzeiro pelo Sena de Bateu Mouche (ver preço apenas do cruzeiro no site http://www.bateaux-mouches.fr). De lá fomos ao Museu do Louvre (40 €, 3 horas), o guia (uma “bibanapoleônica) ao invés de explorar outras partes interessantes do Louvre (que já foi um palácio Real) nos levou ao quarto de Antonieta e Napoleão... aí, aí (abafe! Quem já foi em Versalles já viu tudo de Palácio o resto é pobre...). A Monalisa é pequena, amarelada e como disse um primo meu “brochativa”, no mais o guia deu boas informações dos artistas da Renascença...


Dia 16 / PARIS - CANTERBURY – LONDRES – 20/07 (Segunda) Levar o passaporte a mãoPercorri 450 km no total, em direção ao Reino Unido. As 13 horas atravessei de ferry o Canal da Mancha, o almoço abordo é inglês e muito gorduroso, tem câmbio, troque os euros que sobraram. A lojinha do ferry foi mais barata do que os perfumes que comprei na Benlux próxima ao Louvre, teve gente que não foi a Versallhes para ir na galeria Lafaiete, kkk pagaram caro, na balsa tudo muito mais barato em termos de perfumaria. Após desembarcar em Dover fomos a Canterbury, capital eclesiástica da Inglaterra, cujo ambiente medieval dominada pela sua célebre catedral, pura perda de tempo, não entendo porque não fomos direto até Londres. Chegando em Londres o pessoal foi jantar no Soho no Picadilly Circus, lá tem a Lillywhite's que é super barata, ou pelo menos estava, tinha tênis Nike de 30£.

Dia 17 / LONDRES – 21/07 (Terça)
Na visita panorâmica passamos pelo Westminster, o Parlamento, a City e o rio Tâmisa, parada para foto na Torre de Londres (de lá dá para ver a Ponte de Londres) e por fim fomos ao no Palácio de Buckingham na hora da troca da guarda: Pense! Foi um vuco-vuco. A tarde paguei a Europa Mundo para ir ao Castelo de Windsor (25 €), tem que pagar a parte para entrar e aceita carteira de estudante, lembro que foi menos de 10 £ e a inteira era 15,50 £. Não valeu a pena!!! Quer ver castelo? Vá, em Londres, para a Torre de Londres e se quiser ver luxo volte para Madri ou Paris... o bom foi descobri que a Pizza Hut tava em promoção, por 6 £ vc comia o quanto quisesse, refrigerante a parte.

Dia 18 / LONDRES – 22/07 (Quarta)
Nesse dia fiquei completamente só na viagem, como nos meus primeiros dias em Madri. Optei por fazer o tour na Big Bus (http://www.bigbustours.com), pois o audio era em Português. O valor do ônibus era 21 £, comprei Tb tikets para:
- O famoso museu de figuras de cera Madame Tussauds 22.50 £ (Ghandi, Fidel Castro, Beatles, Mel Gibson, George Clooney, Obama, Michael Jackson, Marilyn Monroe etc...). No museu vc passa por uma lojinha que vende vários chaveiros e bolsas e tudo que é tipo de coisa p/ levar de lembrança (tudo caro). Ao sair do museu existem milhares de lojinhas que vendem as mesmas coisas pela metade do preço.
- Tower of London 17.00 £ pegue na Torre de Londres o cruzeiro (incluso no tour da Big Bus) e assim vc chega na London Eye 17.50 £. A melhor coisa é comprar os ingressos antecipados como fiz, nas atrações são várias filas. A torre foi um palácio que serviu execução e tortura daí a frase "sent to the Tower" (mandado para a Torre), que significava dizer aprisionado. Ana Bolena ex-esposa de Henrique VIII cujo o casamento resultou na criação da Igreja Anglicana foi uma das prisioneiras. Gente! É também na Torre de Londres que as jóias da coroa britânica (de verdade! Não são réplicas) estão! Também desci do bus para tirar fotos no Big Ben.

Dia 19 / LONDRES – 23/07 (Quinta)

Nesse dia quis ver os museus (maioria dos Museus são Gratuitos), peguei o Original London Sightseeing Tour na sua rota The Museum Tour (Blue Route) www.theoriginaltour.com, 24 libras. Fui ao Natural History Museum (com seus dinossauros, local da gravação do filme uma noite no Museu), British Museum (seu interior pode ser visto no filme O retorno da múmia, vi a parte egípicia, a parte Assiria, as sepulturas do Parthenon). Fui no Tate Modern Art Museum e no Shakespeare Globe (recriação do teatro onde Shakespeare escreveu suas peças, mas só vi por fora pois estava em reforma. Aproveitei para voltar para o Palácio de Buckingham, pois estava uma agonia no dia da troca da guarda e fui tirar uma fotos da Fachada. Também passei pela Tralfagar Squere onde tem o National Gallery, mas não entrei, creia: um dia é muito pouco tempo para visitar os museus em Londres...

4 comentários:

  1. TTG Travel Agency is a leading travel agency and tour operator in Turkey is an epic drama, an awesome land with a rich culture that forever charms and delights. Whether you like sightseeing or archaeological sites, endless beaches or adventure http://www.packagetoursturkey.com - http://www.touroperatoristanbul.com we share a vision of Turkey that differs from the mainstream. Our holidays celebrate the real culture of Turkey, its people, its extreme landscapes and its natural wonders. We pride ourselves on presenting a more authentic and lasting impression for all our guests with a touch of Turkish hospitality.

    ResponderExcluir
  2. Amei seu post, irei fazer o mesmo trajeto em maio, e a tempos estava querendo saber os preços adcionais dos passeios, estou com duvidas e gostaria, se poderes, de tirar-las, assim como: Qual horário o guia vai buscar no aeroporto em Madri, os horários de ida as visita e etc, meu emai é cleidianne@yahoo.com.br, se puder manda um email q entrarei em contato com vc.OBS:farei o trajeto terrestre, irei pagar as passagens fora a parte e vi varios comentários dos serviços da cvc(falando da péssima qualidade), ainda não paguei, so vou faze-lo quando tirar o passaporte, então se quiseres me ajudar serei muito grata.
    agradecida desde já,
    Cleidianne

    ResponderExcluir
  3. Olá!!
    Amei seu post, até agora a sua experiência é a que mais esta me ajudando a planejar minha tão sonhada viagem a Europa.
    Tenho algumas dúvidas em relação aos passeios opcionais da Europa mundo por ex. Em Roma, o passeio opcional a capri E pompeia, você lembra se tinha apenas capri? (acho 1 dia pouco para conhecer os dois locais, capri parece ser um paraíso)
    Existe o opcional de um guia para conhecer o coliseu?
    Eu posso escolher qual opcional eu quiser, a hora que quiser?
    O guia da cvc fala em português?
    Em Paris, vc teve um momento pra curtir a área da torre eifell?
    Desculpe pelas perguntas...
    Muito obrigada!!!

    ResponderExcluir
  4. Meu bem,

    Não sei se você pode optar agora mas antes podia dar um stop e passar mais um dia em um dos locais. No dia livre fiquei em Roma, hoje talvez compraria esse stop/parada e passaria mais um dia para ver Capri e Pompeia. A EuropaMundo ofereceu as duas cidades, mas entre no site deles pois podem também estar vendendo em separado.
    Quando fui ao Coliseu foi naqueles ônibus, a Europa Mundo só param de um lugar mais distantes que só dá para ver o Coliseu ao fundo. Sugiro durante os dias da viagem você aumentar o pacote 4G do seu celular e ao chegar nesses lugares já ir em sites pre-adicionados aos seus favoritos que contem a história do lugar e dê orientações. Porque dificilmente achará se quer um auricular em português. Pode escolher sempre que chega num destino os opcionais, fecha tudo lá com eles e não aqui. O guia da Europa Mundo falava em português e espanhol, o ônibus tinha brasileiros e latinos. No meu dia livre fui até a Torre Eiffel, mas eu fui em plena temporada as filas estavam enormes... já tinha tirado com o grupo a foto em um lugar estratégico que pega a torre toda, mas não subi pq a fila tava grande mas passamos pelo Arco do Triunfo e descemos todo o Champs-Elysées. Pode fazer quantas perguntas quiser... mas como posso estar desatualizada sugiro ir no site da Europamundo. Boa viagem! bjkas

    ResponderExcluir